Tremor de terra de 3.5mR é sentido por moradores de Castro a Rio Negrinho, no Paraná!

 

Apesar da imprensa ter divulgado que ocorreram dois abalos sísmicos hoje (18), entre eles um de magnitude 4.5, em Itaperuçu e outro de 5.1, em São Jerônimo da Serra, no Paraná, pesquisadores da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) analisaram os dados transmitidos pelas estações sismológicas e identificaram de forma manual apenas um tremor de terra de magnitude 3.5mR, cujo epicentro aconteceu no município de Itaperuçu (PR), mas que também foi sentido em outros diversos municípios do estado. 

A profundidade do tremor não pode ser determinada com precisão no momento. Acredita-se que tal evento tenha ocorrido superficialmente, ou seja, com uma profundidade menor do que 5 km. Futuramente, análises mais detalhadas serão conduzidas para a determinação exata da profundidade. 

http://rsbr.gov.br/noticias/noticia_18_09_17.html 

Geólogos encontram novas pistas sobre maior extição mundial!

 

Segundo pesquisas, o calor gerado por rochas incandescentes teria sido responsável pela extinção de mais de 95% das espécies marinhas e 70% das terrestres.

 

 

 

 

 

http://exame.abril.com.br/ciencia/geologos-encontram-novas-pistas-sobre-maior-extincao-mundial/

Pássaro de 100 milhões de anos é encontrado e esta bem conservado!

 

Descoberta à lá 'Jurassic Park': pássaro conservado em âmbar é analisado por cientistas chineses

 

Um pássaro do período Cretáceo, com idade estimada em 100 milhões de anos, foi encontrado em ótimo estado de conservação por cientistas. Sorte dos palentólogos, azar do passarinho: de acordo com os pesquisadores, a ave tinha apenas alguns dias de vida quando ficou presa em uma poça de seiva de uma árvore, o que permitiu a conservação por tampo tempo. Na amostra, a cabeça, o pescoço, as asas, a causa e as patas puderam ser analisadas.

http://revistagalileu.globo.com/Ciencia/noticia/2017/06/passaro-de-100-milhoes-de-anos-e-encontrado-e-esta-bem-conservado.ht

Cientistas identificam fossilização rara em espécie do cretácio!

A piritização e a querogenização preservaram tecidos moles em fósseis de peixes que habitaram lagos do Nordeste

Por  - Editorias: Ciências Ambientais

 

No Instituto de Geociências (IGc) da USP, pesquisadores em colaboração com outras instituições conseguiram identificar no fóssil de um vertebrado tecidos moles – fragmentos de músculos, olhos e outros tecidos. Em três dimensões (3D), foram preservados por dois processos raros de fossilização: a piritização (relacionado ao mineral pirita) e a querogenização (por ação de bactérias)...

 

http://jornal.usp.br/ciencias/ciencias-ambientais/cientistas-identificam-fossilizacao-rara-em-especie-do-cretaceo/

Novo dinossauro com plumas e crista é descoberto na China!

Animal viveu há 100 milhões de anos, pouco antes da extinção dos dinossauros

 

PEQUIM — Uma nova espécie de dinossauro emplumado, com ares de uma avestruz multicolorida e ostentando um enorme crista, foi descoberta na China, de acordo com um estudo publicado nesta quinta-feira na revista “Scientific Reports”.
 

 


https://oglobo.globo.com/sociedade/ciencia/novo-dinossauro-com-plumas-crista-descoberto-na-china-21637735#ixzz4pDWm1gM5stest 

Cadastre seu e-mail

E RECEBA NOVIDADES E NOTÍCIAS!